UOL Notícias Economia

BOLSAS

CÂMBIO

 

15/05/2009 - 10h41

Presidente do Chile vende seu canal de televisão

EFE
Santiago do Chile, 15 mai (EFE).- O presidente do Chile, Sebastián Piñera, venderá o canal Chilevisión, do qual é proprietário, ao fundo de investimentos local Linzor Capital e a um grupo de executivos da rede televisiva.

Segundo informou hoje em comunicado a Bancard, uma das sociedades de investimento do líder, nesta sexta-feira o presidente assinou a promessa de compra e venda de 220.211.807 ações, que correspondem à totalidade da propriedade do canal.

"A transação se materializará em um prazo aproximado de 60 dias, depois de um processo de auditoria legal e financeira", assinala o comunicado, que não especifica o preço da operação.

A Bancard acrescenta que a transação gerará US$ 24 milhões de impostos para o Fisco e que a venda da "Chilevisión", junto à dos papéis da Clínica Las Condes e da companhia aérea LAN, confirmam "o cumprimento pleno e íntegro dos compromissos voluntários adquiridos pelo presidente Piñera a respeito de sua desvinculação em interesses empresariais".

Além disso, "ratificam seu total e permanente compromisso com o serviço público e com o exercício da Presidência da República", acrescenta o comunicado.

A venda do canal a Linzor Capital, que ainda não foi confirmada oficialmente por Piñera, descarta a possibilidade de transferi-lo ao grupo argentino "Clarín", que manifestou interesse na compra nas últimas semanas.

O "Chilevisión" está entre os canais mais bem administrados da televisão chilena e no ano passado obteve um lucro líquido de US$ 15 milhões.

Durante a campanha Piñera se comprometeu a se desfazer de seus negócios caso fosse eleito presidente.

Quando ganhou as eleições, no dia 17 de janeiro, estes negócios incluíam 26% da propriedade da companhia aérea LAN e outros ativos que, segundo a revista Forbes, chegavam a cerca de US$ 2,2 bilhões, o dobro da fortuna que tinha no começo de 2009.

Compartilhe:

    Hospedagem: UOL Host