UOL Notícias Economia

BOLSAS

CÂMBIO

 

22/05/2009 - 13h12

Por crise, consumo mundial de eletricidade cairá pela primeira vez desde 1945, diz agência

EFE
Paris, 22 mai (EFE).- O consumo mundial de eletricidade cairá este ano pela primeira vez desde 1945 devido à atual crise econômica e financeira, segundo antecipou hoje a Agência Internacional de Energia (AIE).

Esta é uma das conclusões mais destacadas do relatório da situação do mercado energético que este organismo vai apresentar em Roma no próximo sábado, no marco da reunião de ministros de Energia do Grupo dos Oito (G8, sete países mais desenvolvidos e a Rússia) que acontecerá na capital italiana durante o fim de semana.


De acordo com as previsões do economista-chefe da AIE, Fatih Birol, a redução da demanda de eletricidade será em torno de 3,5% em termos globais, disseram hoje à Agência Efe fontes da organização.

Trata-se de "estimativas" baseadas em dados correspondentes ao primeiro trimestre deste ano, que são os que estão disponíveis, disseram as fontes.

De acordo com esses dados, a AIE prevê ao mesmo tempo uma queda, bastante mais destacada, dos investimentos em energias renováveis, que poderiam chegar a abaixar para cerca de 40%, segundo os cálculos de Birol.

Este corte seria consequência da baixa do preço do petróleo e do gás, assim como das dificuldades das empresas para ter acesso a créditos que lhes permitam investir nessa área.

Compartilhe:

    Hospedagem: UOL Host