UOL Notícias Economia

BOLSAS

CÂMBIO

 

27/05/2009 - 13h22

Obama diz que Governo comanda operação da BP no Golfo do México

EFE
Washington, 27 mai (EFE).- O presidente dos Estados Unidos, Barack Obama, disse hoje que o Governo está no comando das operações da empresa British Petroleum (BP) para fechar o vazamento de petróleo no Golfo do México, depois de ter sido alvo de críticas por não assumir a responsabilidade no caso.

Em entrevista coletiva, Obama disse que a companhia petrolífera faz tentativas para velar o poço "sob a direção" do Governo e que a BP precisa da autorização da administração para agir.

No entanto, apontou a companhia como responsável pelo derramamento que provocou a maior catástrofe ecológica dos EUA.

Em entrevista coletiva sobre o desastre, o presidente reconheceu sua "frustração" com o vazamento de petróleo, iniciado após a explosão de uma plataforma no Golfo do México em 20 de abril, matando 11 trabalhadores.

O líder anunciou uma extensão de seis meses da moratória para realizar novas perfurações petrolíferas em águas profundas e defendeu a resposta ao desastre por parte da Casa Branca, que foi criticada e qualificada como lenta.

"Se a pergunta é se estamos fazendo tudo perfeitamente, a resposta é não, porque, absolutamente, sempre podemos fazê-lo melhor", disse Obama.

O líder explicou que a Casa Branca deixou a British Petroleum a cargo de tapar o poço porque o Governo carece da tecnologia necessária para fazer uma operação desse tipo a uma grande profundidade.

O presidente reconheceu que durante sua administração "não se agiu com a urgência suficiente" para mudar a relação estreita que existe entre as grandes empresas petrolíferas e as agências reguladoras do Governo.

Compartilhe:

    Hospedagem: UOL Host