UOL Notícias Economia

BOLSAS

CÂMBIO

 

02/06/2009 - 13h45

Reestruturação da Opel pode custar emprego de 10 mil

EFE
Budapeste, 2 jun (EFE).- Cerca de dez mil pessoas podem perder o emprego em fábricas europeias da Opel durante a reestruturação da montadora, disse hoje em Budapeste o ministro de Assuntos Exteriores alemão, Frank-Walter Steinmeier.

O ministro, durante visita oficial à Hungria, assegurou à imprensa que a entrada da empresa austríaco-canadense Magna na Opel poderá "salvar o maior número de postos de trabalho possível".

Steinmeier assegurou também que é importante que se tenha conseguido "que a parte europeia da General Motors seja tratada independentemente" no processo de concordata da empresa, anunciado ontem.

A Opel recebeu hoje a primeira ajuda financeira estatal de 300 milhões de euros, dos 1,5 bilhão previstos inicialmente.

No total, o Governo dará nos próximos anos à Opel apoios de 4,5 bilhão de euros.

Compartilhe:

    Hospedagem: UOL Host