UOL Notícias Economia

BOLSAS

CÂMBIO

 

08/06/2009 - 18h42

Eurogrupo diz a FMI que já trabalha na avaliação do sistema

EFE
Luxemburgo, 8 jun (EFE).- Os ministros das Finanças da zona do euro (Eurogrupo) esclareceram hoje ao Fundo Monetário Internacional (FMI) que já estão trabalhando em uma avaliação sobre a solidez do sistema financeiro na região, um exercício que está condicionado à diversidade de situações em cada país.

O Eurogrupo recebeu hoje em sua reunião mensal o responsável do FMI para a área de moeda única, Marek Belka, que pediu que comecem o saneamento do sistema financeiro.

Segundo o FMI, os membros da zona euro devem se concentrar com urgência em libertar as entidades dos ativos de má qualidade e em reestruturar as mais debilitadas, pois caso contrário não será possível recuperar a confiança no setor.

A segunda vice-presidente do Governo espanhol, Elena Salgado, encarregada hoje de expor as conclusões do Eurogrupo à imprensa, lembrou que os 27 países-membros estão há meses discutindo sobre como fazer os chamados "testes de resistência" nas entidades financeiras.

Por sua vez, o comissário europeu de Assuntos Econômicos e Monetários, Joaquín Almunia, lembrou que os países-membros já encarregaram o Comitê Europeu de Supervisores bancários (CEBS) de avaliar a solidez do sistema financeiro do bloco em seu conjunto.

Em princípio, os resultados desse teste, que não será restrito a entidades particulares, deveriam estar prontos antes de setembro.

Almunia ressaltou que a iniciativa não exclui a realização de testes similares por parte das autoridades nacionais, que poderiam se concentrar, também, em entidades individuais.

O comissário lembrou que os países devem contar com instrumentos adequados para, uma vez feito o teste, reforçar o capital das entidades que necessitem e também ressaltou que o método de análise deve ser coordenado em nível comunitário.

Compartilhe:

    Hospedagem: UOL Host