UOL Notícias Economia

BOLSAS

CÂMBIO

 

15/06/2009 - 11h23

Moody's mantém perspectiva negativa para bancos dos EAU

EFE
Cairo, 15 jun (EFE).- A agência de classificação de riscos Moody's assinalou hoje que mantém a perspectiva negativa para os bancos dos Emirados Árabes Unidos (EAU) devido a fragilidade do entorno operacional do país.

Além disso, Moody's assegura no relatório emitido hoje que esta perspectiva negativa para os próximos 12 e 18 meses também se deve aos importantes desafios enfrentados pelo emirado de Dubai.

"Embora os bancos dos Emirados Árabes Unidos tenham enfrentado importantes problemas de qualidade de ativos em 2009, seus níveis de capital e sua boa rentabilidade permitiram absorver as perdas sem que se menospreze a capacidade creditícia", diz John Tofarides, analista do escritório de Moody's para o Oriente Médio em Dubai e principal autor deste novo relatório.

O documento ressalta que embora o apoio do Governo emirati reduziu os problemas financeiros dos bancos, as pressões derivadas da qualidade dos ativos de Dubai seguem pesando negativamente na perspectiva de Moody's para estas instituições financeiras.

O novo relatório de Moody's explica que a qualidade de ativos dos bancos dos EAU e sua rentabilidade se mantêm sob pressão este ano.

Dubai World anunciou em 20 de maio que, após vários meses de negociações, tinha fechado acordo com a maioria de seus credores para refinanciar suas dívidas, após pedir um adiamento dos pagamentos por um passivo de US$ 26 bilhões.

Moody's considera que a posição de liquidez dos bancos dos EAU é satisfatória e assegura que se espera mais apoio financeiro do Governo emirati.

Compartilhe:

    Hospedagem: UOL Host