UOL Notícias Economia

BOLSAS

CÂMBIO

 

19/06/2009 - 02h25

Banco central chinês prevê que país desacelere crescimento no 2º semestre

EFE
Pequim, 19 jun (EFE).- O crescimento chinês vai se desacelerar entre julho e dezembro em comparação com o aumento de 11,9% registrado no primeiro trimestre do ano, prevê hoje um dos principais economistas do Banco Popular da China (banco central) ao jornal "China Securities Journal".

Xia Bin, membro do comitê de política monetária do banco central, acredita que o PIB chinês se desacelerará em dois ou três pontos percentuais no segundo semestre deste ano.

"Está dentro de uma margem razoável, e não significa que vamos entrar em recessão", acrescentou o economista, também membro do Centro de Investigação para o Desenvolvimento do Governo chinês.

Segundo Xia, a gestão do avultado setor dos bens imobiliários, o controle de riscos nos empréstimos para projetos locais de investimento e a limitação na concessão de créditos para indústrias com excesso de capacidade terão um impacto crucial no desenvolvimento da terceira potência econômica mundial.

Compartilhe:

    Hospedagem: UOL Host