UOL Notícias Economia

BOLSAS

CÂMBIO

 

08/07/2009 - 11h14

FMI eleva para 2,5% previsões de crescimento mundial para 2010

EFE
Washington, 8 jul (EFE).- O Fundo Monetário Internacional (FMI) elevou hoje para 2,5% as previsões de crescimento para a economia mundial em 2010.

No entanto, segundo os cálculos atualizados da entidade, neste ano a economia mundial deverá sofrer uma retração de 1,4%.

A melhora nas previsões para 2010 foram atribuídas a "sinais positivos" no sistema financeiro e ao enfraquecimento da recessão.

O FMI destacou que, apesar das previsões positivas, a recessão não acabou e a recuperação econômica será lenta, já que o sistema financeiro ainda não voltou ao normal e as medidas de estímulo fiscal e monetário perderão fôlego de forma gradual.

Além disso, as famílias passarão um período saneando suas contas, de modo que não se sentirão incentivadas a consumir.

Na opinião do FMI, a prioridade agora deve ser "restabelecer a saúde do setor financeiro", que dá mostras de recuperação graças, principalmente, à intervenção pública.

Os Governos devem continuar apoiando a economia, destacou o FMI, mas já devem pensar em como suspenderão as medidas de estímulo.

Em abril, o órgão multilateral de crédito tinha calculado que, este ano, a economia mundial sofreria uma contração de 1,3%, que já seria a maior desde a II Guerra Mundial.

Para 2010, o FMI tinha calculado uma expansão de 1,9%, mas, no começo de junho, vazou para imprensa um documento preparado para a cúpula do G8 (os sete países mais desenvolvidos e a Rússia) em que o órgão revia essa previsão de crescimento para 2,4%.

Segundo os números divulgados hoje pelo FMI, a economia americana deverá encolher 2,6% este ano e crescer 0,8% em 2010.

As previsões para a zona do euro são mais pessimistas: a economia na região sofrerá contrações de 4,8% em 2009 e de 0,3% no ano que vem.

Compartilhe:

    Hospedagem: UOL Host