UOL Notícias Economia

BOLSAS

CÂMBIO

 

19/07/2009 - 23h49

Amazon triplica vendas do Kindle; venda de e-books supera de livros em papel

EFE
Nova York, 19 jul (EFE).- A loja online Amazon anunciou hoje que as vendas de seu leitor eletrônico Kindle triplicaram desde que seu preço caiu de US$ 259 para US$ 189, no final de junho, e que vendeu mais livros eletrônicos (e-books) que físicos no último trimestre.

A Amazon continua sem divulgar dados concretos sobre as vendas do Kindle, mas aponta em comunicado de imprensa que o equipamento continua sendo seu artigo mais vendido há dois anos.

Segundo a empresa, as vendas do Kindle tiveram crescimento em todos os meses do segundo trimestre do ano. Além disso, a companhia diz que as vendas de livros no formato tradicional continuam crescendo.

"Conseguimos um ponto de não retorno com o novo preço do Kindle", explicou hoje o fundador e executivo-chefe da Amazon, Jeff Bezos, para quem o fato de as vendas de livros digitais superarem às de livros em papel é algo "assombroso" levando em conta o pouco tempo dedicado a esse negócio.

Segundo Bezos, a Amazon vende livros há 15 anos e oferece e-books há "apenas 33 meses".

A companhia apontou que, nos últimos três meses, para cada 100 livros em papel vendidos pelo Amazon.com, a companhia vendeu 143 eletrônicos, número que aumenta em junho, quando para cada 100 livros físicos, foram comprados 180 e-books.

No último dia de Natal, foi a primeira vez em que os clientes da Amazon compraram em um só dia mais livros digitais que físicos.

Na quinta-feira, a Amazon divulga seus resultados do segundo trimestre após o fechamento do pregão em Wall Street.

As ações da companhia subiram 1,22% hoje na bolsa Nasdaq, em Nova York, para fechar a US$ 119,94 cada.

Compartilhe:

    Hospedagem: UOL Host