UOL Notícias Economia

BOLSAS

CÂMBIO

 

05/08/2009 - 12h54

Grécia considera "positivas" conclusões da UE e do FMI sobre reformas

EFE
Atenas, 5 ago (EFE).- O ministro das Finanças grego, Giorgos Papakonstantinou, qualificou de "positiva" a sentença dos inspetores da União Europeia (UE) e do Fundo Monetário Internacional (FMI), que concluíram que as reformas para melhorar a situação da economia grega vão bem, embora persistam "importantes riscos e desafios".

"A avaliação de nosso progresso é totalmente positiva e o segundo lance de ajuda será entregue em setembro", afirmou o ministro, em alusão aos 9 bilhões de euros que o país receberá de seus parceiros da zona do euro e do FMI.

Em entrevista coletiva, atrasada mais de duas horas por uma ameaça falsa de bomba, o ministro das Finanças ressaltou que a inspeção não representa "novas medidas nem um novo memorando (de atuação)".

Papakonstantinou afirmou que, durante sua estadia em Atenas, os analistas redigiram um relatório técnico atualizado que não inclui novas obrigações ou medidas para a Grécia.

Apesar da avaliação positiva, o ministro reconheceu que ainda ficam "desafios pela frente", mas se mostrou mais otimista que os analistas do FMI e da UE.

Compartilhe:

    Hospedagem: UOL Host