UOL Notícias Economia

BOLSAS

CÂMBIO

 

02/09/2009 - 13h07

Ministério da Agricultura prevê aumento de 7,8% na produção de cana em 2010

Rio de Janeiro, 2 set (EFE).- Maior produtor e exportador mundial de açúcar e etanol, o Brasil recolherá este ano uma colheita de 651,51 milhões de toneladas de cana-de-açúcar, o que indicará um aumento de 7,8% em comparação ao ano anterior, segundo uma previsão divulgada hoje pelo Ministério da Agricultura.

A Companhia Nacional de Abastecimento (Conab), vinculada ao Ministério e encarregada de supervisionar as colheitas de cana-de-açúcar do país, afirmou que o aumento na produção se deve ao bom regime de chuvas no ano passado, que deixou o terreno preparado.

A Conab destacou também a entrada em operação durante esta temporada de novos engenhos, que proporcionaram uma maior produção.

De acordo com dados oficiais, a maioria dos canaviais do país já havia colhido 60% de sua superfície no mês passado, quando a colheita ainda estava em fase intermediária.

Mais da metade da cana-de-açúcar colhida este ano (54,9%) será destinada à produção de álcool combustível, de que se obterão 28,4 bilhões litros, enquanto o resto da produção (45,1%) servirá para produzir 38,1 milhões de toneladas de açúcar.

A Companhia prevê que, dessas 38,1 milhões de toneladas, 11,11 milhões serão consumidas pelo mercado interno.

A superfície destinada ao cultivo da cana-de-açúcar também aumentou este ano em 10,2%, até um total de 8,2 milhões de hectares cultivados, o que equivale a 0,95% da superfície total do território nacional.
Hospedagem: UOL Host