UOL Notícias Economia

BOLSAS

CÂMBIO

 

22/12/2009 - 04h28

Governo japonês não fornecerá fundos do orçamento para ajudar a JAL

Tóquio, 22 dez (EFE).- O Governo japonês não dará empréstimos ou outros fundos à maior companhia aérea do país, a Japan Airlines (JAL), imersa em um grave problema de liquidez, segundo assegurou hoje o ministro das Finanças, Hirohisa Fujii. Estas declarações chegam quando o Governo considera fornecer assistência financeira a JAL na segunda ampliação do orçamento do atual ano fiscal ou nas contas do exercício de 2010 que começa em abril. Segundo a agência local "Kyodo", Fujii descartou que vá incluir uma verba orçamentária para ajudar a JAL, já que "é uma companhia privada". No mês passado, o Banco de Desenvolvimento do Japão garantiu um fundo de 100 bilhões de ienes para que a companhia aérea continuasse operando normalmente, em parte, porque se asseguravam que a JAL receberia apoio do Governo. Fujii justificou sua mudança de postura e assegurou que "as companhias devem tomar suas decisões independentemente e não é aceitável que o Executivo intervenha nestes assuntos".

Compartilhe:

    Hospedagem: UOL Host