UOL Notícias Economia

BOLSAS

CÂMBIO

 

13/01/2010 - 17h26

EUA tecnicamente já deixaram recessão, diz Fed de Chicago

Washington, 13 jan (EFE).- A recessão econômica iniciada nos Estados Unidos em dezembro de 2007, a mais prolongada e profunda desde a Grande Depressão, tecnicamente terminou, disse hoje o presidente da divisão de Chicago do Federal Reserve (Fed, banco central), Charles Evans.

Em discurso em Coralville, no estado de Iowa, Evans reconheceu que o índice de desemprego continua "muito alto", mas disse que os indicadores mais amplos da economia americana apontam para uma retomada. "Em um sentido técnico, estrito, a recessão terminou", afirmou.

O índice de desemprego se manteve em 10% em dezembro, mês em que a economia teve uma perda líquida de 85 mil postos de trabalho. No entanto, sublinhou Evans, o Produto Interno Bruto (PIB) cresceu 2,2% no terceiro trimestre, após ter contração em quatro trimestres consecutivos. As medidas de emergência adotadas pelo Fed, que desde o fim de 2007 inundaram os mercados com dinheiro para sustentar o sistema financeiro e reativar a economia, podem representar um risco de uma inflação alta caso a atividade econômica acelere.

Evans disse confiar que a política monetária manterá a inflação dentro do que considerou razoável, de 2% a médio prazo. Levando em conta a atual fragilidade da economia, Evans acredita que o núcleo da inflação (que exclui preços de alimentos e energia) será de apenas 1,75% em 2012, o que se insere nas metas que o Fed considera aceitáveis para a estabilidade dos preços.

Compartilhe:

    Hospedagem: UOL Host