UOL Notícias Economia

BOLSAS

CÂMBIO

 

13/01/2010 - 11h59

Inflação oficial no Brasil no ano passado foi a menor desde 2006

EFE
Rio de Janeiro, 13 jan (EFE).- O Brasil registrou em 2009 uma inflação de 4,31%, o menor desde o ano de 2006 (3,14%) e um índice que está dentro da meta do Governo, informou hoje o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatísticas (IBGE).

O Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA) ficou um pouco abaixo da meta planejada pelo Governo para o ano, que é de 4,5%.

Em 2009, o índice de aumento dos preços ficou mais de um ponto percentual abaixo do de 2008 (5,90%) e de 2007 (4,46%).

De acordo com o organismo, a inflação anualizada "mostrou ao longo do ano uma trajetória descendente", após ter começado em janeiro com 5,84%.

O IPCA em dezembro foi de 0,37%, abaixo do índice de novembro (0,41%), mas acima da medida no mesmo mês de 2008 (0,28%).

A maior taxa mensal do ano ocorreu em fevereiro (0,55%) e a menor em agosto (0,15%).

"Os resultados por trimestre evidenciam altas concentradas nos meses iniciais do ano, mesmo assim inferiores ao dos iguais períodos de 2008", segundo o Instituto.

A inflação do último trimestre de 2009, que indica a atual tendência, foi de apenas 1,06%, abaixo da medida em igual período de 2008 (1,09%) e da registrada no primeiro trimestre do ano passado (1,23%).

De acordo com o IBGE, enquanto a inflação de 2008 foi influenciada pela alta dos preços dos alimentos, que atingiu 11,11% no final do ano, em 2009 os produtos não acumularam um aumento de 3,18%.

Os preços dos alimentos subiram 2,64% no primeiro semestre do ano passado e apenas 0,52% no segundo semestre.

Apesar da desaceleração dos preços dos alimentos, o item que mais contribuiu para a inflação do ano passado foi o da alimentação nos restaurantes, com uma alta do 9,05%.

Compartilhe:

    Hospedagem: UOL Host