UOL Notícias Economia

BOLSAS

CÂMBIO

 

14/01/2010 - 18h02

Brasil assina protocolo de preferências tarifárias com Equador

EFE
Quito, 14 jan (EFE).- O Governo brasileiro renovou o Protocolo Adicional do Acordo de Complementação Econômica que mantém com o Equador e, assim, dará preferência tarifária de 100% sobre 3.280 partidas, informou hoje o Ministério das Relações Exteriores equatoriano.

A subscrição do oitavo protocolo, realizada em 30 de dezembro, supõe, segundo a Chancelaria, a conclusão de um trabalho para conseguir o assentimento dos países signatários do Acordo de Complementação Econômica 59, em que se materializa o compromisso adotado por Brasil e Equador em abril de 2007.

Com o acordo, o Governo equatoriano prevê dinamizar as exportações ao Brasil e contribuir "para reduzir o crônico déficit comercial que enfrenta seu comércio bilateral, como diz a nota oficial.

Por outro lado, foi informado que a Argentina também deu o consentimento para a subscrição do Protocolo Adicional ao Acordo de Complementação Econômica e que, por isso, espera-se que nas próximas semanas se aperfeiçoe o processo de entrada em vigência.

O acordo com a Argentina dará ao país andino a preferência tarifária, também de 100%, sobre ao redor de quatro partidas tarifárias, após o convênio assinado pelos presidentes de ambas as nações em setembro de 2007.

Compartilhe:

    Hospedagem: UOL Host