UOL Notícias Economia

BOLSAS

CÂMBIO

 

20/01/2010 - 07h41

Missão do FMI avalia se Romênia deve seguir recebendo créditos

Bucareste, 20 jan (EFE).- Uma delegação conjunta do Fundo Monetário Internacional (FMI), da Comissão Europeia (órgão executivo da União Europeia) e do Banco Mundial (BM) avalia a partir de hoje, na Romênia, se o país balcânico deve continuar recebendo mais dinheiro do empréstimo de 20 bilhões de euros concedido em março.

Durante a visita, que durará uma semana, especialistas do FMI, a Comissão e o BM analisarão se o orçamento público da Romênia para 2010, recentemente aprovado, está adequado às condições macroeconômicas definidas no compromisso.

A missão avaliará também as reformas econômicas estruturais que a Romênia se comprometeu a fazer para se beneficiar de um empréstimo.

O FMI suspendeu a última missão de acompanhamento, prevista para outubro de 2009, já que o país não tinha um Governo capaz de aprovar o orçamento e prosseguir as reformas, e com isso foi adiada a avaliação e a concessão de novas verbas do crédito.

Uma grave crise política, após a queda do gabinete conservador em uma moção de censura, deixou no ano passado ao país governado durante mais de dois meses por um Executivo interino.

Se as conclusões da visita forem positivas, a Romênia receberá nas próximas semanas mais 3,3 bilhões de euros de empréstimos.

Com uma forte recessão, que representou uma queda do Produto Interno Bruto (PIB) de 8% no final de 2009, e um desemprego de 7%, o país balcânico precisa urgentemente do resgate financeiro internacional.

Compartilhe:

    Hospedagem: UOL Host