UOL Notícias Economia

BOLSAS

CÂMBIO

 

01/02/2010 - 15h33

Atividade manufatureira dos EUA registra avanço em janeiro

EFE
Nova York, 1 fev (EFE).- A atividade do setor manufatureiro nos Estados Unidos expandiu no primeiro mês de 2010 de forma considerável e pelo sexto mês consecutivo, informou hoje o Instituto de Gestão de Fornecimento (ISM, na sigla em inglês).

O índice elaborado pelo ISM que mede a atividade desse setor cresceu em janeiro a um ritmo superior ao esperado pelos analistas e ficou em 58,4 pontos, frente aos 54,9 de dezembro, o maior valor registrado em mais de cinco anos.

Segundo explicou o economista dessa entidade Norbet Ore, trata-se da maior cota do índice do ISM chega a partir de agosto de 2004, quando alcançou os 58,5 pontos.

"Os dados deste mês apresentam uma garantia significativa de que o setor manufatureiro está se recuperando", explicou Ore em comunicado, destacando o crescimento superior a 60% registrado no mês passado nos novos pedidos às empresas e na produção.

O subíndice relativo a novos pedidos ficou em janeiro em 65,9 pontos, comparado com os 64,8 de dezembro, enquanto o da produção aumentou para 66,2, a partir dos 59,7 pontos registrados no mês anterior.

Conforme o economista, esses dados indicam um forte rendimento da atividade manufatureira do país "no presente e para o futuro", algo que reforça o fato de que em janeiro 13 das 18 indústrias que a entidade analisa cresceram, enquanto que no mês anterior só nove tiveram o mesmo desempenho.

"É um indício que o impacto da recuperação está se expandindo", disse Ore.

No caso do emprego no setor, o subíndice que mede essa variável subiu dos 50,2 pontos de dezembro para 53,3 em janeiro.

Já o subíndice dos preços pagos pelas empresas por bens e serviços para desenvolver sua atividade ficou em 70 pontos em janeiro, bem acima dos 61,5 de dezembro.

Compartilhe:

    Hospedagem: UOL Host