UOL Notícias Economia

BOLSAS

CÂMBIO

 

09/02/2010 - 17h56

Ida de Bernanke ao Congresso é cancelada por tempestade

EFE
Washington, 9 fev (EFE).- A ameaça de uma nova tempestade de neve na região de Washington, a segunda em menos de uma semana, forçou o Congresso a cancelar a ida do presidente do Federal Reserve (Fed, Banco Central americano), Ben Bernanke, prevista para amanhã.

Bernanke deveria comparecer diante da comissão de serviços financeiros da Câmara de Representantes para falar sobre "a redução dos programas de liquidez para momentos de emergência do Federal Reserve", ou seja, sobre o futuro do apoio monetário que o Governo administrou para enfrentar a crise econômica.

Pelo mesmo motivo, a comissão de orçamentos da câmara baixa suspendeu a audiência de amanhã do secretário do Tesouro dos EUA, Timothy Geithner, que deveria explicar o conteúdo do orçamento do presidente Barack Obama para o período fiscal 2011.

O Congresso não fixou novas datas para estas e outras audiências canceladas devido ao temporal.

Desde o começo da recessão em dezembro de 2007, o Federal Reserve injetou nos mercados mais de US$ 1 trilhão por diferentes meios: garantias a letras de câmbio comerciais, compra de títulos respaldados por hipotecas e aquisição de bônus do Tesouro.

Além disso, o Fed apoiou a reativação econômica com uma política monetária expansiva, que manteve as taxas de juros abaixo de 0,25%.

Desde meados do ano passado, a economia dos EUA desfruta de um crescimento - após quatro trimestres de contração do Produto Interno Bruto (PIB) - e embora o desemprego alcance 9,6%, os mercados estão atentos aos indícios de uma retirada gradual do estímulo governamental.

Compartilhe:

    Hospedagem: UOL Host