UOL Notícias Economia

BOLSAS

CÂMBIO

 

09/02/2010 - 06h02

Toyota fará recall de 400 mil híbridos no mundo todo

EFE
Tóquio, 9 fev (EFE).- O presidente da Toyota, Akio Toyoda, anunciou hoje que cerca de 400 mil veículos híbridos da marca passarão por recall no mundo todo, entre eles a última geração de seu modelo Prius, devido a uma possível falha nos freios.

Em entrevista coletiva em Tóquio, Toyoda explicou que os detalhes do plano serão anunciados ao final do dia de hoje e afetarão também Estados Unidos, Europa e outras regiões, além de se comprometer a "recuperar a confiança" dos clientes da empresa japonesa.

A Toyota anunciou que os modelos afetados são a última geração do Prius, o sedã Sai, o Lexus HS250h e o Prius Plug-in, todos eles modelos híbridos, que combinam motor elétrico e a gasolina, e cujos sistemas de freios são similares.

A montadora japonesa disse em comunicado que os consertos começarão na quarta-feira no Japão, onde 223.068 serão revisados, e se comprometeu a iniciar as medidas no resto dos mercados o mais rápido possível.

Como medida adicional, a Toyota suspenderá as vendas no Japão do sedã Sai, lançado no final do ano passado, do Lexus HS250h e do Prius Plug-in.

As vendas dos modelos padrão da terceira geração do Prius não serão suspendesas, já que as correções no software do sistema de freios já foram aplicadas a todos os modelos que saíram da fábrica desde o final de janeiro.

O recall do Prius se soma aos quase oito milhões de veículos Toyota que deverão passar por oficinas no mundo todo por possíveis problemas com a resposta do pedal do acelerador, que pode ficar travado.

O presidente da Toyota voltou hoje a pedir perdão aos motoristas, como fez na sexta-feira passada, assumiu sua responsabilidade no ocorrido e reafirmou seu compromisso com a "qualidade" dos produtos da montadora.

"Estou assumindo a liderança", disse Toyoda em inglês, ao se comprometer a trabalhar conjuntamente com fornecedores e distribuidores de veículos, para "recuperar a confiança" e reafirmar a "qualidade" dos carros da Toyota.

Até o último dia 1º, 94 queixas tinham sido apresentadas ao Ministério dos Transportes japonês por causa da possível falha nos freios do Prius, que a Toyota atribui a um defeito do software e não a uma falha mecânica.

Mais de 100 reclamações foram apresentadas também nos Estados Unidos, e por isso veículos de imprensa dão como certo que haverá um recall do Prius em território americano.

O Prius se transformou no símbolo da aposta de Toyota pela tecnologia verde e seu mais recente sucesso de vendas. Desde que sua terceira geração chegou ao mercado, em maio passado, a empresa japonesa vendeu mais de 300 mil unidades em 60 países.

Compartilhe:

    Hospedagem: UOL Host