UOL Notícias Economia

BOLSAS

CÂMBIO

 

17/02/2010 - 03h44

Presidente da Toyota concederá coletiva sobre problemas nos carros da marca

Tóquio, 17 fev (EFE).- O presidente do grupo Toyota, Akio Toyoda, concederá entrevista coletiva hoje sobre os problemas nos automóveis da marca enquanto a companhia prepara-se para revisar no Japão os modelos híbridos Lexus e Sai, como já fez na semana passada com o Prius.

O neto do fundador da Toyota receberá os jornalistas em Nagóia (centro do Japão) às 17h locais (6h em Brasília). Acredita-se que ele fará o anúncio do início das inspeções do Lexus e do Sai, além de dar informações sobre o estado das revisões do Prius, que começaram há uma semana.

O recall para o Lexus HS250h e o Sai afetarão cerca de 12.400 unidades do primeiro e aproximadamente 10.800 do segundo, e poderiam começar hoje mesmo, segundo a rede de televisão "NHK".

A empresa, líder mundial do setor, convocou na última semana os proprietários de 437 mil veículos híbridos em todo o mundo para revisão graças a um problema de software que, em terrenos deslizantes, causa um atraso na resposta dos freios.

Este novo recall se soma aos realizados desde o final de novembro para outros 8 milhões de carros da Toyota, por um problema no pedal do acelerador, o que abriu uma crise sem precedentes no grupo japonês.

A entrevista coletiva de Toyoda acontece um dia depois que as autoridades dos Estados Unidos anunciaram o início de uma nova investigação para determinar se o grupo fez seus três últimos recalls de forma adequada.

Segundo a lei americana, um fabricante tem cinco dias, após determinar que há um defeito, para comunicar o problema às autoridades federais.

A Administração Nacional para a Segurança na Estrada dos EUA (NHTSA, sigla em inglês) abriu a investigação depois de receber centenas de novas queixas de proprietários de veículos Toyota, entre elas as de 34 mortes supostamente relacionadas com a aceleração involuntária dos automóveis.

Compartilhe:

    Hospedagem: UOL Host