UOL Notícias Economia

BOLSAS

CÂMBIO

 

25/02/2010 - 14h09

Banco do Brasil obtém lucro recorde em 2009

EFE
Rio de Janeiro, 25 fev (EFE).- O Banco do Brasil obteve em 2009 um lucro líquido de R$ 10,148 bilhões, superior em 15,2% ao de 2008 e o mais alto registrado por um banco no país, informou hoje a entidade.

Os lucros do Banco do Brasil, a maior instituição financeira do país, superaram os obtidos também no ano passado pelo Itaú-Unibanco, o maior banco privado da América Latina, que foram de R$ 10,06 bilhões e consideradas até hoje como o recorde do setor bancário.

O aumento do lucro líquido foi atribuído pelo Banco do Brasil ao crescimento igualmente recorde de sua carteira de crédito, que chegou no final de ano a R$ 300,829 bilhões, valor 33,8% superior ao do fechamento de 2008.

A expansão foi consequência da decisão do Governo brasileiro de utilizar os bancos estatais para ampliar o crédito em um momento de restrição do dinheiro circulante como forma de fazer frente à crise econômica global.

O banco esclareceu no comunicado a seus investidores que o lucro líquido recorrente - ou seja, descontados os lucros por efeitos extraordinários - foi de R$ 8,506 bilhões, com um crescimento de 27,2% em relação ao de 2008.

A diferença se deve a que a entidade obteve no ano passado um lucro de R$ 3,03 bilhões pela atualização dos ativos e dos passivos atuariais da Previ - fundo de previdência dos funcionários do Banco.

O bom resultado do ano passado se deve também em grande parte aos lucros obtidos no quarto trimestre, que somaram R$ 4,155 bilhões, com um crescimento de 41,1% frente ao mesmo período de 2008.

Segundo o balanço financeiro da instituição, o retorno sobre o patrimônio líquido médio do banco em 2009 foi de 30,7%, abaixo dos 32,5% de 2008.

O banco informou também que seus ativos cresceram 36% no ano passado e chegaram aos R$ 708,549 bilhões, que o confirmam como maior instituição financeira de toda a América Latina.

O patrimônio líquido do Banco do Brasil no final de dezembro era de R$ 36,119 bilhões, 20,6% superior ao que tinha no fim de 2008.

Os resultados divulgados hoje incluem os valores dos bancos Nossa Caixa e Votorantim, cujo controle foi adquirido pelo Banco do Brasil no ano passado.

Compartilhe:

    Hospedagem: UOL Host