UOL Notícias Economia

BOLSAS

CÂMBIO

 

25/02/2010 - 10h54

CE rebaixa para -0,6% queda da economia espanhola em 2010

EFE
Bruxelas, 25 fev (EFE).- A Comissão Europeia reduziu hoje em dois décimos, de -0,8% para -0,6%, sua previsão de queda do Produto Interno Bruto (PIB) para a Espanha em 2010, uma contração que continua sendo superior à do Governo, de -0,3%.

Em suas previsões parciais apresentadas hoje, o Executivo comunitário mantém a previsão de crescimento anunciada no ano passado tanto para a União Europeia (UE) como para a zona do euro em 0,7%.

Segundo a estimativa apresentada hoje, a Espanha continua sendo a única das principais sete potências econômicas da UE que apresentará um crescimento negativo neste ano.

A Comissão Europeia destaca que a economia espanhola cairá 0,1% no primeiro trimestre, crescerá 0,1% no segundo, voltará a cair 0,2% no terceiro e voltará ao positivo no quarto trimestre com 0,1%.

O relatório apresentado hoje relaciona a contração do terceiro trimestre com a alta do Imposto sobre Valor Acrescentado (IVA) que entrará em vigor em 1º de julho. Vários consumidores anteciparão suas compras para evitar pagar esse imposto.

"O aumento do IVA previsto para meados de 2010 provavelmente provocará um antecipação da demanda e causará um impacto no crescimento do PIB trimestral", assegura o documento.

O texto também diz que "o desemprego recorde e o longo ajuste estrutural para o setor de construção" estão dificultando a recuperação da economia da Espanha. A produção do país caiu 3,7% em 2009, mas melhorou consideravelmente do terceiro para o quarto trimestre, de -3% a -1%, segundo seus números.

"Os planos de apoio à indústria automobilística e a melhora da confiança na segunda metade do ano, além da evolução propícia da demanda externa, contribuíram positivamente para este resultado", diz o relatório.

Compartilhe:

    Hospedagem: UOL Host