UOL Notícias Economia

BOLSAS

CÂMBIO

 

25/02/2010 - 19h52

Dow Jones fecha em baixa de 0,51%

EFE
Nova York, 25 fev (EFE).- O índice Dow Jones Industrial, de referência em Wall Street, conseguiu hoje conter as fortes quedas ao longo do pregão e fechou em baixa de apenas 0,51%, fixado em 10.321,03 pontos.

O índice seletivo S&P 500 perdeu 0,21%, aos 1.102,93 pontos, e o indicador da Nasdaq teve queda de 0,08%, para os 2.234,22 pontos.

Antes da abertura do mercado, foi divulgado que na semana passada nos Estados Unidos aumentou o número de seguros-desemprego solicitados, o que gerou incerteza sobre a força da recuperação econômica do país e animou os investidores a vender.

Entre as ações do Dow Jones, o pior desempenho hoje foi da Coca-Cola, com queda de 3,7%, após anunciar a intenção de comprar as atividades na América do Norte de sua engarrafadora.

Depois da maior produtora mundial de refrigerantes, as companhias que mais caíram no Dow Jones foram Dupont (1,35%), Merck (0,97%), American Express (0,96%), Boeing (0,96%), Kraft (0,83%), Pfizer (0,67%), Exxon Mobil (0,63%), General Electric (0,62%), AT&T (0,56%) e JPMorgan (0,51%).

As demais empresas que compõem o indicador de referência fecharam com quedas inferiores a meio ponto percentual ou com avanços, apesar de durante grande parte do dia tenham visto apenas números vermelhos no Dow.

A maior alta entre as ações do Dow foi nos papéis da Alcoa (1,91%), seguida por Bank of America (1,35%); Wal-Mart (0,43%); HP (0,26%) e United Technologies (0,07%).

A dívida pública subiu de preço e a rentabilidade dos bônus a dez anos ficou em 3,63%.

A queda de hoje interrompeu a breve pausa entre baixas que tinha sido dada na quarta-feira, após dois dias de queda, graças à promessa do presidente do Federal Reserve (banco central americano), Ben Bernanke, de manter os juros baixos.

Compartilhe:

    Hospedagem: UOL Host