UOL Notícias Economia

BOLSAS

CÂMBIO

 

26/02/2010 - 13h18

Irã está disposto a aceitar oferta do Japão para construir usinas nucleares

Teerã, 26 fev (EFE).- O Irã estaria disposto a conceder ao Japão a construção de cinco novas usinas nucleares se Tóquio estiver verdadeiramente interessada no projeto, afirmou hoje o presidente da Comissão de Segurança Nacional e Relações Exteriores do Parlamento iraniano, Alaeddin Boroujerdi.

"A participação do Japão seria interesse tanto do Governo japonês como das companhias privadas. A sugestão do Irã é que o Japão comece com um projeto determinado, construindo uma central no interior do país" explicou o responsável iraniano, citado pela televisão estatal.

"O Parlamento iraniano acredita que não é lógico que o Japão fixe seus interesses em sua relação com os Estados Unidos. Deve decidir por si mesmo", advertiu.

Boroujerdi respondeu assim a uma informação publicada dias atrás pelo jornal japonês "Nikkei Business Daily" a qual assegurava que o diretor do Organismo da Energia Atômica iraniano, Saeed Jalili, tinha recebido uma oferta de Tóquio a este respeito durante sua visita à capital japonesa em dezembro do ano passado.

Esse mesmo mês, o presidente iraniano tinha anunciado na televisão que seu país planejava a construção de uma dezena de usinas nucleares novas.

O presidente do Parlamento iraniano, Ali Larijani, já tinha assinalado na terça-feira em Tóquio que o Irã estava disposto a estudar a proposta japonesa.

As grandes potências ocidentais, com os EUA à frente, acusam o Irã de esconder, sob seu programa civil, outro de natureza clandestina e aplicações bélicas cujo objetivo seria a aquisição de armamento nuclear, alegação que Teerã rejeita.

Compartilhe:

    Hospedagem: UOL Host