UOL Notícias Economia

BOLSAS

CÂMBIO

 

26/02/2010 - 16h33

Produção brasileira de aço cresce 66,6% em janeiro

Rio de Janeiro, 26 fev (EFE).- O Brasil produziu em janeiro 2,7 milhões de toneladas de aço bruto, 66,6% a mais que no mesmo mês do ano passado, informou hoje o Instituto Aço Brasil.

A produção de laminados no mesmo mês foi de 2,1 milhões de toneladas, com uma expansão de 104,1% em relação a janeiro de 2009, segundo os números da entidade patronal siderúrgica.

O crescimento da produção tanto de aço bruto como de laminados, segundo o Instituto, mostra a recuperação do setor após as dificuldades enfrentadas em 2009 como consequência da crise econômica global.

As siderúrgicas brasileiras tiveram que reduzir sua produção no ano passado para adequá-la à baixa demanda mundial e à queda das vendas.

O setor começou a se recuperar nos últimos meses de 2009 e a retomada da extração prosseguiu em janeiro, quando a produção de aço bruto cresceu 4,4% em relação à de dezembro e a de laminados aumentou 3,9% na mesma comparação.

Segundo o Instituto, as siderúrgicas brasileiras registraram em janeiro vendas internas de 1,6 milhões de toneladas, com um crescimento de 3,8% a respeito das de dezembro e de 65,6% na comparação com janeiro do ano passado.

As exportações em janeiro chegaram a 657,8 mil toneladas por um valor de US$ 373 milhões.

O aumento das exportações em volume foi de 54,2% em comparação com janeiro do ano passado e de 4,8% frente a dezembro.

De acordo com os números dos produtores, o consumo aparente de produtos siderúrgicos no Brasil em janeiro último foi de 2 milhões de toneladas, o que representa um aumento de 68,7% com relação ao mesmo mês do ano passado e de 13,5% frente a dezembro.

Segundo as previsões do Instituto, o consumo interno de aço este ano deve chegar a 22,9 milhões de toneladas, com um crescimento de 23,3% frente a 2009, enquanto as exportações devem crescer 23,4%, até 11 milhões de toneladas.

Para atender esse crescente mercado, as siderúrgicas terão que elevar sua produção em 25,1%, até 33,2 milhões de toneladas.

Compartilhe:

    Hospedagem: UOL Host