UOL Notícias Economia

BOLSAS

CÂMBIO

 

01/03/2010 - 14h34

Superávit comercial em fevereiro é 77,63% inferior ao de 2009

EFE
Rio de Janeiro, 1 mar (EFE).- O Brasil obteve em fevereiro deste ano um superávit de US$ 394 milhões em sua balança comercial, cifra 77,63% inferior à do mesmo mês do ano passado (US$ 1,761 bilhão), informou hoje o Governo federal.

Apesar da forte queda do saldo positivo, o resultado reverteu o déficit comercial que o Brasil sofreu em janeiro (US$ 166 milhões), quando o país registrou seu primeiro resultado negativo após 11 meses consecutivos de superávit.

O resultado de fevereiro permite ao Brasil acumular no primeiro bimestre do ano um superávit de US$ 228 milhões, valor 81,5% inferior ao do mesmo período de 2009 (US$ 1,232 bilhão).

O superávit do mês passado foi resultado de US$ 12,197 bilhões em exportações e US$ 11,803 bilhões em importações.

Enquanto as exportações cresceram 27,24% em fevereiro frente às do mesmo mês do ano passado (US$ 9,586 bilhões), as importações deram um salto de 50,84% no mesmo intervalo de tempo.

No acumulado do ano, as exportações somam US$ 23,502 bilhões, com crescimento de 21,34% frente ao primeiro bimestre de 2009. As importações, por sua vez, chegam a US$ 23,274 bilhões, com uma expansão de 28,33% em comparação aos US$ 18,136 bilhões dos primeiros dois meses do ano passado.

O reduzido superávit brasileiro no primeiro bimestre do ano foi provocado por um crescimento das importações acima do das exportações como consequência da depreciação acumulada pelo dólar nos últimos 12 meses.

A recuperação da economia brasileira após a crise econômica global, que levou a indústria a aumentar suas importações de bens de capital e matérias-primas, também provocou um forte salto das compras no exterior.

Economistas preveem que o possível crescimento de 5% da economia brasileira neste ano aliado ao dólar barato pode provocar uma forte queda do superávit da balança comercial, que em 2009 se manteve praticamente estável frente ao de 2008.

O superávit comercial brasileiro caiu de US$ 40,039 bilhões em 2007 para US$ 24,956 bilhões em 2008. No ano passado, ficou em US$ 25,348 bilhões.

A previsão dos economistas consultados na semana passada pelo Banco Central é de que o saldo positivo caia para US$ 10 bilhões neste ano e para US$ 2,8 bilhões em 2011.

Compartilhe:

    Hospedagem: UOL Host