UOL Notícias Economia

BOLSAS

CÂMBIO

 

11/03/2010 - 17h12

Cameron propõe sanções ao petróleo líbio

Bruxelas, 11 mar (EFE).- O primeiro-ministro do Reino Unido, David Cameron, pediu aos outros parceiros da União Europeia (UE), assim como à comunidade internacional, para promover a imposição de sanções ao petróleo líbio, como instrumento adicional para pressionar e isolar o regime de Muammar Kadafi.

Cameron reconheceu, no entanto, no final da cúpula extraordinária de chefes de Estado e de Governo da UE, que há "dificuldades" para seguir a pista do dinheiro do petróleo líbio e tornar os embargos e sanções já decretados extensivos.
Hospedagem: UOL Host