UOL Notícias Economia

BOLSAS

CÂMBIO

 

19/03/2010 - 21h44

Senador americano pede investigação sobre banco Lehman Brothers

EFE
Washington, 19 mar (EFE).- O senador democrata dos Estados Unidos Christopher Dodd pediu hoje uma investigação federal sobre a falência do banco Lehman Brothers e outras instituições que teriam motivado a crise financeira mundial por meio da alteração de dados na contabilidade.

"Devemos trabalhar de maneira incansável para reduzir a fraude financeira a fim de restabelecer a confiança nos mercados", afirmou Dodd em carta dirigida ao secretário de Justiça americano, Eric Holder.

Dodd, presidente do Comitê Bancário do Senado, ressaltou que este é o momento de restabelecer o império da lei em Wall Street, "enfraquecido" pela tendência a ignorar as regulações durante os últimos 30 anos.

Para ele, a investigação deve incluir não apenas os executivos do Lehman Brothers e a junta de diretores da entidade, mas também a empresa de contabilidade do banco, a empresa Ernst & Young, e bancos estrangeiros envolvidos em manobras contábeis.

O texto da carta foi divulgado uma semana após a publicação de um relatório judicial sobre a liquidação do Lehman Brothers, que declarou falência em setembro de 2008, o que representou a maior quebra financeira na história dos Estados Unidos.

Na segunda-feira passada, Dodd apresentou um projeto de lei destinado a impedir os resgates financeiros de empresas de Wall Street e assegurar um tratamento justo aos consumidores em relação ao pagamento de hipotecas e cartões de crédito.

Compartilhe:

    Hospedagem: UOL Host