UOL Notícias Economia

BOLSAS

CÂMBIO

 

20/03/2010 - 21h48

Governo reitera que Venezuela não colapsar por falta de eletricidade

EFE
Caracas, 20 mar (EFE).- O Governo venezuelano reiterou hoje que se a falta de chuva obriga a paralisação de algumas turbinas da represa de Guri, o país não colapsará, embora o racionamento de eletricidade poderia ficar mais intenso.

O vice-presidente venezuelano, Elías Jaua, foi quem fez a declaração durante um ato em Caracas para premiar pequenas indústrias e comércios que conseguiram reduzir o consumo de eletricidade pelo menos em 20%.

A represa de Guri gera 70% da eletricidade consumida pela Venezuela e, mantendo-se a seca e o ritmo de queda de seu nível de água em 14 centímetros por dia, chegará a um ponto crítico no final de maio ou princípio de junho.

O Executivo diz que o problema na geração de eletricidade é consequência das mudanças climáticas provocadas pelo fenômeno ambiental "El Niño", mas a oposição diz que se trata de uma falta de previsão do Governo.

O Governo também informou que 96 grandes usuários de eletricidade de Caracas ficarão sem serviço na segunda-feira por não ter conseguido reduzir seu consumo em pelo menos 20%, como solicitado pelas autoridades.

Compartilhe:

    Hospedagem: UOL Host