UOL Notícias Economia

BOLSAS

CÂMBIO

 

24/03/2010 - 16h17

Aiea confirma que trabalhos para resfriar reatores continuam em Fukushima

Viena, 24 mar (EFE).- A Agência Internacional de Energia Atômica (Aiea) confirmou nesta quinta-feira que equipes de emergência continuam tentando resfriar os reatores na usina nuclear de Fukushima (Japão).

Segundo um comunicado emitido em Viena pela agência, foram lançadas 58 toneladas de água sobre a unidade 2 do reator entre os dias 20 e 22 de março, o que reduziu a temperatura da água na piscina de resíduos para 47 graus à meia-noite desta quinta-feira.

Sobre a unidade 3, danificada por uma forte explosão no último dia 14, foram lançadas entre 4 e 5 toneladas de água do mar na piscina do combustível, embora a Aiea não tenha informado nem a temperatura da água nem os níveis de radiação.

Mais grave é a situação na unidade 4, na qual todas as barras de combustível se encontram desde novembro passado em uma piscina, o que faz com que a radicação e o calor sejam mais fortes do que no resto da central, situação que se tentou reverter com 280 toneladas de água nos dois últimos dias.

Na unidade 5 da usina, com temperaturas mais moderadas nos últimos dias, o calor voltou a subir ao interromper-se o funcionamento das bombas de água diante da falta de energia elétrica.

A Aiea segue sem nenhum tipo de informação sobre a piscina de combustível usada da unidade 1 do reator, o que causou especial preocupação entre os especialistas da agência.

A unidade 6 está sem energia, da mesma forma que a 5, e se mantém em uma situação de estabilidade há vários dias.
Hospedagem: UOL Host