UOL Notícias Economia

BOLSAS

CÂMBIO

 

24/03/2010 - 11h35

França abre debate para construção de segundo reator nuclear

EFE
Paris, 24 mar (EFE).- A França iniciou hoje o debate público com vistas à construção de um novo reator nuclear de Penly, do mesmo tipo do que já está em obras a cerca de 300 quilômetros, também na costa de Normandia.

A comissão particular do debate público, que apresenta hoje o processo na cidade de Ruan, previu até o dia 12 de julho várias reuniões públicas que prometem polêmica, em parte pelas incertezas que cercam o projeto deste reator de tecnologia EPR criado pelo grupo Areva.

A Electricité de France (EDF) se encarregou de iniciar o procedimento de debate público, mas o Estado francês não decidiu o peso e a capacidade de manobra dos outros parceiros do projeto.

O grupo energético franco-belga GDF-Suez, que junto à companhia petrolífera Total têm 33% do capital, quer ser reconhecido como um dos exploradores do novo complexo com a EDF.

Também solicitaram ser associados ao projeto a italiana Enel (que utilizou como principal argumento sua experiência na gestão de usinas nucleares de sua filial espanhola Endesa) e a alemã E.ON.

A França tem em atividade 55 reatores que representam 80% da eletricidade gerada no país, a maior porcentagem no mundo todo.

Compartilhe:

    Hospedagem: UOL Host