UOL Notícias Economia

BOLSAS

CÂMBIO

 

26/03/2010 - 17h35

Lula inaugura maior gasoduto interno do Brasil

EFE
(corrige informações do 11º parágrafo).

Rio de Janeiro, 26 mar (EFE).- O presidente Luiz Inácio Lula da Silva inaugurou hoje o maior gasoduto interno do Brasil, que liga as regiões Sudeste e Nordeste.

Com 1.387 quilômetros de extensão e 28 polegadas de diâmetro, o gasoduto tem capacidade para transportar 20 milhões de metros cúbicos diários de gás natural e permite aumentar a oferta do combustível aos estados do Nordeste, segundo a Petrobras.

O gasoduto só não é maior em tamanho e capacidade no país do que o gasoduto Bolívia-Brasil, que se estende por 3.200 quilômetros entre a cidade boliviana de Santa Cruz de la Sierra e Porto Alegre com capacidade para transportar 30 milhões de metros cúbicos de gás.

A cerimônia de inauguração do chamado Gasoduto da Integração Sudeste-Nordeste (Gasene), que teve um custo de R$ 7,2 bilhões, foi realizada em Itabuna (BA).

De acordo com a Petrobras, a obra dá uma nova configuração à rede de gasodutos do país ao permitir que o gás excedente no Sudeste possa abastecer o Nordeste, onde a produção do combustível é insuficiente para atender a crescente demanda.

"Estamos dando ao Nordeste brasileiro a mesma oportunidade de se desenvolver que já tiveram o Sul e o Sudeste deste país", disse Lula no discurso que pronunciou na cerimônia de inauguração do gasoduto.

"Essa obra, para nós, ela é marcante, porque ela traz para o Nordeste a mesma possibilidade de ter energia limpa, mais barata do que a energia que a gente tinha com o óleo diesel. A indústria vai poder produzir mais e a gente vai se tornar cada vez mais autossuficiente em outras fontes energéticas", afirmou o presidente.

Os estados do Nordeste poderão receber agora tanto o gás procedente das bacias de Campos, Santos e Espírito Santo, todas no Sudeste, como o gás importado da Bolívia.

O gasoduto também permitirá enviar ao Nordeste parte do gás natural liquidificado que a Petrobras importa em navio e que regaseifica em uma planta construída no estado do Rio de Janeiro.

O Gasene terá uma capacidade inicial para transportar dez milhões de metros cúbicos de gás por dia, mas esse volume crescerá gradualmente na medida em que a demanda aumentar e novas estações de compressão entrar em operação.

A Petrobras disse ter investido R$ 29,6 bilhões nos últimos sete anos para ampliar sua rede de gasodutos de 5.451 quilômetros em 2003 até os atuais 9.219 quilômetros.

Compartilhe:

    Hospedagem: UOL Host