UOL Notícias Economia

BOLSAS

CÂMBIO

 

31/03/2010 - 13h32

Índice de Confiança da Indústria atinge maior nível em 28 meses

EFE
Rio de Janeiro, 31 mar (EFE).- O Índice de Confiança da Indústria (ICI) chegou em março a 116,5 pontos, seu maior nível nos últimos 28 meses, informou hoje a Fundação Getulio Vargas (FGV).

O ICI subiu dos 115,8 pontos em fevereiro aos 116,5 pontos em março, com o qual chegou ao segundo melhor nível desde abril de 1995, quando começou a ser calculado.

O nível de confiança da indústria não era tão alto assim desde novembro de 2007 (116,9 pontos), recorde histórico do índice.

O indicador é medido em uma escala que vai de 0 a 200 pontos e reflete o otimismo dos empresários quando está acima dos 100 pontos.

O aumento da confiança da indústria entre fevereiro e março foi o 14º consecutivo nessa comparação e permitiu que o índice superasse os níveis prévios à crise econômica global.

Segundo a FGV, os industriais estão mais otimistas com a conjuntura econômica do que com as expectativas para os próximos seis meses.

Por sua vez, o Índice da Situação Atual (ISA), que reflete a opinião dos empresários sobre a conjuntura, avançou 3,4% entre fevereiro e março, marcando 117,3 pontos, seu maior nível desde julho de 2008. Já o Índice de Expectativas (IE), que mede o esperado para os próximos seis meses, retrocedeu 2,2%, até 115,7 pontos.

A porcentagem de empresários que considera que a demanda está crescendo com força passou de 21,8% em fevereiro para 23,9% em março. Já a proporção daqueles que opinam que a demanda está crescendo lentamente caiu de 9,5% para 6,3% de fevereiro a março.

Dos 1.165 industriais consultados, 65,3% disseram esperar uma melhora de seus negócios entre março e agosto, enquanto apenas 1,6% preveem uma piora.

Os industriais consultados disseram também que, em março, operaram com 84,3% de sua capacidade instalada de produção, o maior nível desde outubro de 2008 (85,1%).

Compartilhe:

    Hospedagem: UOL Host