UOL Notícias Economia

BOLSAS

CÂMBIO

 

01/04/2010 - 12h13

Produtores de banana da UE, África e Caribe pedem mais recursos a CE

EFE
Adeje (Espanha), 1 abr (EFE).- A XIX Assembleia Parlamentar Paritária UE-ACP (que reúne os países da União Europeia e os da África, Caribe e Pacífico) pediu hoje à Comissão Europeia (CE) que aumente o pacote financeiro para ajudar os produtores de banana de ambos os blocos.

A declaração conjunta dos deputados da UE-ACP, cuja Assembleia terminou hoje na localidade espanhola de Adeje na ilha de Tenerife, é feita após a assinatura, em dezembro de 2009, de um acordo entre a União Europeia e a América Latina que reduz a tarifa comunitária sobre as bananas importados desta região.

Segundo os parlamentares, a CE deve considerar medidas financeiras e técnicas adicionais para que os países da ACP possam enfrentar as consequências sociais e ambientais do acordo e promover a diversificação da produção a partir de 2013.

A declaração também pede medidas de compensação destinadas aos produtores europeus e iniciativas gradativas para afiançar a produção sustentável de bananas na UE.

Além disso, os deputados pediram à CE que faça uma análise do impacto econômico, social e ambiental do acordo bananeiro UE-América Latina para os produtores ACP e europeus.

O acordo UE-América Latina fixa um corte da tarifa comunitária sobre as bananas importados desta região de 35% entre 2010 e 2017.

A resolução da Assembleia Parlamentar Paritária assinala que as multinacionais da banana baseadas na América Latina controlam mais de 80% do mercado mundial.

Em 2008, 72% das bananas vendidos na UE eram produzidas na América Latina, enquanto as bananas provenientes dos países da ACP e da Europa representavam apenas 17% e 10,5%, respectivamente.

As Canárias (ilhas espanholas ao noroeste da África) são um dos maiores produtores de banana da União Europeia, com mais de 350 toneladas em 2009.

A França (Guadalupe e Martinica), Grécia (Creta e Laconia) e Portugal (Madeira, Açores e Algarve) são os outros três países europeus produtores de banana.

A XIX Assembleia Parlamentar Paritária UE-ACP, que começou no dia 29 de março e termina hoje, contou com a presença de 400 pessoas, entre elas 78 eurodeputados e outros 78 parlamentares dos países da ACP.

Compartilhe:

    Hospedagem: UOL Host