UOL Notícias Economia

BOLSAS

CÂMBIO

 

05/04/2010 - 18h34

Dow Jones fecha em alta de 0,43%

EFE
Nova York, 5 abr (EFE).- Entre dados econômicos e de emprego favoráveis, o índice Dow Jones Industrial, de referência em Wall Street, fechou o pregão de hoje com ganho de 46,48 pontos (0,43%), aos 10.973,55, e já se aproxima dos 11 mil, patamar que não alcança desde setembro de 2008.

Já o índice seletivo S&P 500 avançou 0,79%, para os 1.187,43 pontos, e o indicador da bolsa eletrônica, a Nasdaq, ganhou 1,12%, aos 2.429,53 pontos.

Com um cenário de fundo positivo, os principais indicadores de Wall Street se mantiveram em alta durante quase o pregão inteiro e o Dow Jones esteve a ponto de superar os 11 mil pontos.

O setor de empresas de energia (1,6%) registrou o maior avanço, em paralelo à persistente tendência de alta que acompanhava o preço do petróleo em Wall Street.

O barril do Texas para maio fechou em alta de 2,06% (US$ 1,75) e finalizou o dia a US$ 86,62, o nível mais alto desde outubro de 2008.

A valorização da commodity fez com que as petrolíferas Exxon Mobil (0,86%) e Chevron (1,26%), as maiores dos Estados Unidos, entrassem no grupo majoritário de empresas do Dow que alcançaram lucro.

O grupo foi liderado pela American Express (2,33%), seguido por Caterpillar (1,56%), Dupont (1,35%), Cisco Systems (1,32%), Hewlett- Packard (1,18%) e General Electric (1,09%).

Dos integrantes do Dow, nove tiveram um pregão menos propício. As quedas foram mais acentuadas nos casos de Boeing (1,3%), Travelers (1,09%) e Pfizer (1,05%), entre outras.

Fora do Dow, as ações da Apple subiram 1,07%, para US$ 238,49, após ser divulgado nesta segunda-feira que a companhia vendeu 300 mil unidades de seu novo computador, o iPad.

A dívida pública americana a dez anos descia de preço e oferecia uma rentabilidade de 3,98%, embora tenham beirado em alguns momentos os 4%, o que não ocorria desde junho passado.

Compartilhe:

    Hospedagem: UOL Host