UOL Notícias Economia

BOLSAS

CÂMBIO

 

06/04/2010 - 15h53

Atriz processa criador de "Desperate Housewives"

EFE
Los Angeles (EUA), 6 abr (EFE).- A atriz Nicolette Sheridan, a Edie Britt de "Desperate Housewives", abriu uma ação na Justiça contra o criador da série, Marc Cherry, por violência de gênero e demissão improcedente, como noticia hoje a imprensa americana.

A decisão da atriz de ir à Justiça de Los Angeles para buscar compensação econômica chega quase um ano após deixar a série. A personagem Edie Britt foi assassinada no capítulo transmitido em 19 de abril de 2009 nos EUA, após cinco temporadas como centro da discórdia no bairro fictício de Wisteria Lane.

Na época, Nicolette já tinha se queixado que seu final em "Desperate Housewives" escondia questões pessoais do criador da série e não respondia unicamente aos cortes de elenco para reduzir despesas em tempos de crise, como justificou a produtora.

Na documentação apresentada ontem na Corte Superior do condado de Los Angeles, a atriz foi além em suas alegações e acusou Cherry de bater nela um dia durante as filmagens e forçar sua demissão quando ela notificou o incidente ao canal "ABC".

Nicolette Sheridan, que pede US$ 20 milhões por sua saída do programa, comentou que Marc Cherry criou um ambiente de trabalho hostil no set e se comportava de forma "extremamente abusiva e agressiva".

Compartilhe:

    Hospedagem: UOL Host