UOL Notícias Economia

BOLSAS

CÂMBIO

 

15/04/2010 - 16h08

EBX e companhia chinesa assinam acordo para siderúrgica no RJ

EFE
Brasília, 15 abr (EFE).- O grupo EBX, do magnata Eike Batista, e a empresa chinesa Wisco assinaram hoje um acordo para a construção de um complexo siderúrgico no estado do Rio de Janeiro que exigirá investimentos de US$ 5 bilhões.

O acordo foi assinado hoje em Brasília coincidindo com a reunião do presidente Luiz Inácio Lula da Silva com seu colega da China, Hu Jintao.

Após o encontro, Lula afirmou em discurso que este projeto será "o maior investimento da China no Brasil" e também o mais alto do país asiático no setor siderúrgico fora de suas fronteiras.

Eike explicou a jornalistas que sua empresa fornecerá 30% do capital do empreendimento e a Wisco, os 70% restantes. A siderúrgica será construída no município de São João da Barra, no litoral norte do estado do Rio.

Segundo a previsão das empresas, a siderúrgica começará a operar em 2012 e terá capacidade de cinco milhões de toneladas de aço por ano.

Lula e Hu assinaram hoje 12 acordos de cooperação bilateral nas áreas de petróleo, agricultura, espacial, científica e de propriedade intelectual.

Além disso, assinaram um convênio fitossanitário que permitirá a exportação de folhas de tabaco e carne bovina brasileiras à China.

Um último acordo foi assinado pelo China Development Bank para o financiamento das operações para uma compra de equipamentos chineses negociada pela Oi.

Compartilhe:

    Hospedagem: UOL Host