UOL Notícias Economia

BOLSAS

CÂMBIO

 

15/04/2010 - 19h50

Milhares de passageiros esperam em Heathrow por reabertura do espaço aéreo

EFE
Londres, 14 abr (EFE).- O aeroporto de Heathrow, o maior do Reino Unido, abriga milhares de pessoas que não puderam viajar hoje por causa das cinzas originadas pela erupção de um vulcão na Islândia e descartam passar a noite em um hotel, já que a maioria da companhias aéreas não pagará pela estadia.

"O custo do hotel não será coberto porque os cancelamentos são consequência das circunstâncias (meteorológicas), não de uma falha técnica ou um atraso de nossos voos", disse à Agência Efe uma funcionária da companhia espanhola Iberia em Heathrow, cujo tráfego diário é de 180 mil passageiros e 1.300 voos.

O tráfego aéreo no Reino Unido está fechado desde as 12h locais e continuará interrompido até as 13h locais de amanhã (9h de Brasília).

O último voo que pousou hoje em Heathrow, que fica a pouco mais de 20 quilômetros a oeste do centro de Londres, chegou às 9h20, mas aviões continuaram decolando até as 11h.

Às 2h30 locais desta sexta-feira (22h30 de Brasília), o centro de controle aéreo do Reino Unido anunciará se mantém ou não a interrupção do tráfego aéreo até as 18h de amanhã (horários locais).

Durante a tarde de hoje, passageiros chegavam a Heathrow em busca de novos detalhes sobre a situação e possíveis alternativas oferecidas pelas companhias aéreas.

Alguns chegaram ao aeroporto sem conhecimento do que estava acontecendo, mas a maioria sabia de antemão o que iria encontrar.

"Viemos aqui para nos informar e vejo que iremos embora sem nada. Vamos a um pub para pensar", brincaram passageiros espanhóis que voariam à tarde para a cidade de Barcelona.

Um casal de mexicanos que viajaria para Nova York declarou à Agência Efe que teme "sair do aeroporto e não poder voltar depois". Por isso, decidiu esperar na rua, na porta do terminal de embarque, fechado ao público.

Durante a tarde, todos os que quiseram poupar o dinheiro de uma noite de hotel foram tomando seus lugares nos terminais de desembarque do aeroporto, onde os viajantes tentam se distrair com seus computadores, telefones e livros.

O aeroporto de Gatwick, ao sul do centro de Londres e o segundo mais movimentado do Reino Unido, só recebeu 168 voos dos 679 esperados para hoje.

Compartilhe:

    Hospedagem: UOL Host