UOL Notícias Economia

BOLSAS

CÂMBIO

 

19/04/2010 - 12h40

Toyota aceita pagar multa recorde de US$ 16,3 milhões, segundo EUA

EFE
Washington, 19 abr (EFE).- A Toyota aceitou pagar nos Estados Unidos uma multa de US$ 16,3 milhões, a maior imposta a um fabricante de automóveis, por ocultar durante meses um defeito no pedal do acelerador de alguns de seus modelos, anunciou hoje o Governo americano
O secretário de Transporte dos Estados Unidos, Ray LaHood, manifestou sua satisfação hoje, por meio de um comunicado, porque "a Toyota aceitou sua responsabilidade por ter ignorado suas obrigações legais de informar pontualmente sobre qualquer defeito".

No entanto, LaHood também acrescentou que o Executivo dos EUA continua investigando se a Toyota cumpriu com todas as suas obrigações de revelar problemas com seus veículos.

Os investigadores do Departamento de Transporte e da Administração Nacional de Segurança na Estrada estão revisando mais de 120 mil documentos disponibilizados pelo fabricante japonês.

"Ao não informar sobre conhecidos problemas de segurança, como exige a lei, a Toyota colocou consumidores em risco", acrescentou o secretário de Transporte.

No início de abril, as autoridades americanas acusaram a Toyota de saber desde 29 de setembro de 2009 que seus veículos tinham um defeito no acelerador, mas não comunicou a Washington até quatro meses depois.

Compartilhe:

    Hospedagem: UOL Host