UOL Notícias Economia

BOLSAS

CÂMBIO

 

25/04/2010 - 05h06

Dívida grega poderia ser maior do que a calculada até agora

EFE
Berlim, 25 abr (EFE).- O buraco financeiro da Grécia poderia ser muito maior do que o calculado até agora e as previstas ajudas do Fundo Monetário Internacional (FMI) e da União Europeia poderiam ser insuficientes para enfrentar as necessidades do país.

Enquanto isso, o ministro de Finanças alemão, Wolfgang Schäuble, não dá por certas as ajudas solicitadas pela Grécia à espera da verificação de seus planos de economia e o estado de suas finanças, ajudas que, além disso, necessitam da aprovação por parte do "Bundestag", o Parlamento alemão.

O dominical "Welt am Sonntag" adverte que as necessidades financeiras da Grécia, que já solicitou ajudas no valor de 45 bilhões de euros ao FMI e à UE, poderiam elevar-se na realidade a várias centenas de bilhões de euros.

Acrescenta que só até 2015 as autoridades gregas devem devolver 140 bilhões de euros de 33 emissões de dívida do Estado, o que preocupa seus parceiros do bloco perante a perspectiva que as necessidades financeiras de Atenas se transformem em um saco sem fundo.

Compartilhe:

    Hospedagem: UOL Host