UOL Notícias Economia

BOLSAS

CÂMBIO

 

06/05/2010 - 22h52

Argentina e Brasil definem encontros de integração produtiva

EFE
Buenos Aires, 6 mai (EFE).- Os Governos do Brasil e da Argentina definiram hoje em Buenos Aires a realização de encontros de integração produtiva para os setores de madeira, móveis, autopeças, vinhos, petróleo e gás, informaram fontes oficiais.

No primeiro dos dois dias de reunião sobre comércio bilateral, as duas partes também avançaram em temas como maquinaria agrícola, indústria láctea e aparelhos de linha branca, destacou em comunicado o Ministério de Indústria e Turismo da Argentina.

A reunião foi presidida pelo secretário de Indústria e Comércio da Argentina, Eduardo Bianchi, e pelo secretário-executivo do Ministério do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior do Brasil, Ivan Ramalho.

Em fevereiro, os dois países haviam identificado oito setores industriais com possibilidade de se complementarem e se integrarem em uma cadeia de caráter regional, divididos em dois grandes grupos: estratégicos e sensíveis.

O primeiro inclui os setores de petróleo e gás, autopeças, aeronáutica e maquinaria agrícola, enquanto o segundo compreende os de madeira, móveis, linha branca, vinhos e lácteos.

Os representantes de Brasil e Argentina acordaram também a constituição de um grupo de trabalho que avance na elaboração de projetos de integração entre empresas dos dois países para apresentá-los a bancos com o objetivo de obter financiamento Além disso, analisou-se também a evolução do comércio entre os dois países, que no primeiro quadrimestre do ano chegou a US$ 8,9 bilhões, enquanto no mesmo período do ano passado havia atingido US$ 6 bilhões, com um aumento anualizado de 46%.

Compartilhe:

    Hospedagem: UOL Host