UOL Notícias Economia

BOLSAS

CÂMBIO

 

12/05/2010 - 11h55

Déficit comercial dos EUA com Leste da Ásia cresce 5,7% em março

EFE
Washington, 12 mai (EFE).- O déficit dos Estados Unidos em seu comércio de bens com os países do Leste da Ásia cresceu 5,7% de fevereiro para março e ficou em US$ 20,224 bilhões, informou hoje o Departamento de Comércio.

O déficit dos três primeiros meses com essa região é 6,4% inferior aos US$ 64,392 bilhões do mesmo com período de 2009.

Em março, os 42,7% do déficit no comércio exterior de bens dos Estados Unidos somaram US$ 47,284 bilhões, com relação aos negócios com Leste da Ásia.

Um só país dessa região, a China, representou em março 35,7% do déficit total no comércio de bens dos EUA com todo o mundo, contra o 47% de um ano antes.

O relatório do Departamento de Comércio mostra que o déficit com a China subiu de US$ 16,509 bilhões em fevereiro para US$ 16,897 bilhões em março.

Nos três primeiros meses deste ano o superávit comercial chinês somou US$ 51,702 bilhões comparado com os US$ 50,384 bilhões do mesmo período do ano anterior.

O déficit americano com o Japão, que foi em fevereiro de US$ 4,297 bilhões, subiu em março para US$ 5,317 bilhões.

Para os três primeiros meses deste ano o superávit japonês soma US$ 12,964 bilhões comparado com os US$ 9,114 bilhões dos três primeiros meses do ano anterior.

Com o grupo que o Departamento de Comércio denomina "países industrializados recentemente" - Hong Kong, Coreia do Sul, Cingapura e Taiwan - Estados Unidos teve em março um superávit de US$ 2,788 bilhões, superior aos US$ 2,248 bilhões de fevereiro.

Nos três primeiros meses deste ano o superávit dos EUA com esse grupo somou US$ 6,447 bilhões que contrasta com um déficit de US$ 1,742 bilhões em janeiro e março de 2009.

Compartilhe:

    Hospedagem: UOL Host