UOL Notícias Economia

BOLSAS

CÂMBIO

 

12/05/2010 - 18h15

Flórida solicita US$ 34 milhões a BP para evitar queda no turismo

EFE
Miami, 12 mai (EFE).- O Governo do estado americano da Flórida solicitou hoje US$ 34,7 milhões à empresa British Petroleum (BP) para resistir à informação "negativa e falsa" que os turistas recebem sobre o impacto do vazamento de petróleo no Golfo do México nas praias do estado.

O governador da Flórida, Charlie Crist, enviou uma carta com a solicitação ao presidente da BP América, Lamar McKay, após reunir-se com a junta diretora do Visit Florida, organismo estadual de turismo.

"O derramamento não foi causado pela Flórida, portanto, precisamos do seu apoio urgente para corrigir a informação. A ação é fundamental para a sobrevivência de nossa economia", disse Crist.

As autoridades querem atuar rapidamente para evitar um novo impacto na abatida economia da Flórida, estado cuja taxa de desemprego de 12,3% é mais alta que os 9,7% da média nacional e onde o turismo tem vital importância.

Mais de 80 milhões de turistas visitaram a Flórida no ano passado e, em 2008, o turismo gerou US$ 65,2 bilhões na economia do estado, segundo números oficiais.

Crist especificou na carta que o dinheiro solicitado à BP será utilizado para planejar imediatamente uma campanha de marketing que será exibida em nível nacional e internacional na televisão, no rádio, em jornais e sites e que informará os turistas de que as praias da Flórida não estão poluídas.

Além disso, mostrará os esforços realizados pelas autoridades com várias agências para se prepararem diante de possíveis impactos do derramamento de óleo.

Compartilhe:

    Hospedagem: UOL Host