UOL Notícias Economia

BOLSAS

CÂMBIO

 

12/05/2010 - 14h47

Funcionários do Ibama bloqueiam acesso ao Cristo Redentor em greve

EFE
Rio de Janeiro, 12 mai (EFE).- O acesso ao Cristo Redentor foi bloqueado hoje provisoriamente por servidores do Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis (Ibama), em protestos para reivindicar melhoras salariais e outros benefícios.

Os servidores do Ibama que participaram da ação estão em greve desde 8 de abril, junto com funcionários do Instituto Chico Mendes de Conservação da Biodiversidade, do Ministério do Meio Ambiente e do Serviço Florestal Brasileiro, informou a Associação Nacional dos Servidores do Ibama, em comunicado.

Os turistas que tentaram visitar a estátua esta manhã foram impossibilitados pelo protesto.

Os manifestantes só deixaram passar os operários que atuam nos trabalhos de limpeza e reparação das estradas do Parque Nacional da Tijuca, depois das chuvas em abril que causaram deslizamentos de terra em diversos pontos do Rio de Janeiro.

Cerca de 600 funcionários de instituições ligadas ao meio ambiente estão em greve em todo o estado do Rio de Janeiro, nos parques nacionais de Itatiaia, Serra dos Órgãos, Bocaina e da Tijuca.

Além de reivindicar melhoras salariais para os trabalhadores que atuam em zonas isoladas ou de risco, os funcionários do Ibama também pedem que os salários e funções sejam pagos com base nas titulações ambientais.

Compartilhe:

    Hospedagem: UOL Host