UOL Notícias Economia

BOLSAS

CÂMBIO

 

12/05/2010 - 16h38

Sócrates destaca crescimento econômico de 1% de Portugal

EFE
Lisboa, 12 mai (EFE).- O primeiro-ministro português, José Sócrates, se parabenizou hoje pelo crescimento econômico de 1% que Portugal registrou no primeiro trimestre de 2010 e destacou que seu país é "campeão" em comparação com o resto das nações da Europa do Euro.

"Portugal foi o primeiro país a sair da condição de recessão técnica e o que melhor resistiu à crise", disse o chefe de Governo ao comentar os dados macroeconômicos divulgados hoje pelo Instituto Nacional de Estatística (INE) português.

O INE anunciou um crescimento do PIB inesperado de 1% nos três primeiros meses de 2010 em relação ao primeiro trimestre de 2009, quando cresceu 1,7%.

O anúncio foi feito enquanto o Governo socialista de Portugal preparava um pacote de nove medidas para reduzir o déficit fiscal do país, situado nos 9,4% no fim de 2009, e enfrentar a grave crise econômica.

O ministro das Finanças, Fernando Teixeira dos Santos, ressaltou também a "boa capacidade" de recuperação da economia portuguesa e aplaudiu a contribuição do setor exportador para o crescimento obtido.

O indicador superou amplamente as previsões dos analistas, que apontavam um crescimento bem menor metade, graças a uma recuperação generalizada de todos os setores econômicos exceto o da construção.

A pressão dos mercados e o clima de inquietação gerado no país nas últimas semanas obrigaram Sócrates a anunciar uma antecipação de várias das medidas fiscais contempladas no Programa de Estabilidade e Crescimento (PEC), o plano anti-crise apresentado a Bruxelas para reduzir o déficit.

Entre elas, destacam-se novas cargas fiscais e a revisão de projetos de grandes obras públicas, como a construção da terceira ponte sobre o estuário do Tejo, que faz parte do futuro trem de alta velocidade entre Portugal e Espanha previsto oficialmente para 2013.

Compartilhe:

    Hospedagem: UOL Host