UOL Notícias Economia

BOLSAS

CÂMBIO

 

15/05/2010 - 16h03

Professores anunciam greve por tempo indefinido na Bolívia

EFE
La Paz, 15 mai (EFE).- O presidente da Bolívia, Evo Morales, acusou hoje os professores de serem "inimigos da Bolívia" devido a greve indefinida que anunciaram para a próxima segunda-feira contra o aumento salarial de 5% decretado pelo Governo.

Em uma coletiva antes de disputar um jogo de futebol em La Paz, Morales criticou os professores que passaram a semana fazendo protestos nas ruas para exigir um aumento superior ao proposto.

"Vamos seguir trabalhando. Lamento muito que alguns professores sejam inimigos da educação, inimigos da Bolívia", disse.

Por sua vez, Wilma Plata, uma dirigente dos professores, confirmou à Agência Efe a greve indefinida dos educadores em todo o país e advertiu que as medidas de pressão continuarão "e serão radicalizadas" conforme os dias passem.

"Decidimos a greve em uma assembleia, assim como massificaremos as marchas como medidas de rejeição ao aumento salarial de 5% (...) e a proposta de lei de pensões do Governo", declarou.

O ex-sindicalista Morales freou uma greve geral indefinida da Central Operária Boliviana (COB), a única do país, com ofertas em campos diferentes do conflito salarial, mas os professores e o setor fabril mantêm seus protestos contra os 5%.

O presidente ofereceu um novo sistema de previdência que reduz a idade de aposentadoria de 65 para 58 anos para quase todos os trabalhadores.

O ministro da Educação, Roberto Aguilar, disse a "Rádio Erbol" que o Governo está "decidido a batalhar" para que o direito à educação não se perca, e pediu aos docentes que reconsiderem.

Por sua vez, o secretário-executivo das fábricas de La Paz, Wilson Mamani, explicou à Efe que esse setor paralisou momentaneamente seus protestos para abrir "portas para o diálogo" com o Governo, embora negue que se trate de uma medida definitiva.

"Se não houver avanços, voltaremos às greves de fome e as mobilizações, cada vez mais radicais", apontou.

Compartilhe:

    Hospedagem: UOL Host