UOL Notícias Economia

BOLSAS

CÂMBIO

 

01/06/2010 - 09h44

Irã se surpreende com falta de menção a acordo nuclear em relatório da AIEA

EFE
Teerã, 1 jun (EFE).- O Irã qualificou hoje de "repetitivo e parcial" o último relatório da Agência Internacional de Energia Atômica (AIEA) sobre o programa nuclear iraniano e se mostrou "surpreso" pela falta de menção ao acordo de troca de urânio assinado com Turquia e Brasil.

Em declarações à televisão estatal "PressTV", o embaixador do Irã na AIEA, Ali Asghar Soltanieh, sugeriu ao secretário-geral do agência, Yukiya Amano, que coloque um fim "a este jogo", que, em sua opinião, tira legitimidade do órgão.

"O relatório se centra nas mesmas questões repetitivas e danifica a credibilidade da AIEA. Continuar por este caminho prejudicará gravemente sua Secretaria-Geral", afirmou o iraniano.

"Por isso, Amano deve pôr fim a este jogo e aos reiterados pedidos e reflexões parciais sobre alguns fatos", acrescentou.

A AIEA reiterou na segunda-feira sua preocupação sobre as possíveis dimensões militares do controverso programa nuclear do Irã, mas reconheceu que Teerã melhorou alguns aspectos de sua cooperação técnica com a agência nuclear.

Soltanieh também se mostrou surpreso pela falta de menção no relatório ao acordo para troca de urânio assinado no dia 17 de maio com Brasil e Turquia.

"É muito chocante, porque esperávamos que o importante e histórico acontecimento, que foi fruto de uma aproximação honesta, construtiva e positiva, e que estava 100% vinculada à AIEA, fosse ser mencionado", afirmou.

Segundo o acordo, o Irã aceita enviar urânio enriquecido a 3,5% para a Turquia, com a garantia de recebê-lo de voltar um ano depois a 20% para ser utilizado como combustível nuclear para um reator de pesquisas em Teerã.

Compartilhe:

    Hospedagem: UOL Host