UOL Notícias Economia

BOLSAS

CÂMBIO

 

01/06/2010 - 21h48

TLC dos EUA com a Colômbia não será aprovado em 2010, dizem democratas

EFE
Bogotá, 1 jun (EFE).- Os senadores democratas americanos Mark Warner e Christopher Dodd disseram hoje em Bogotá que o Tratado de Livre-Comércio (TLC) com a Colômbia não será ratificado este ano.

Os dois congressistas se reuniram hoje com o presidente colombiano, Álvaro Uribe, na Casa de Nariño, sede do Executivo em Bogotá.

Dodd explicou que faltam só 40 dias de sessões no Legislativo dos Estados Unidos e que o TLC com a Colômbia não será discutido justamente por falta de tempo.

Os dois senadores também se reuniram em Bogotá com o candidato presidencial governista, Juan Manuel Santos, que passou para o segundo turno e enfrenta o ex-prefeito de Bogotá Antanas Mockus nas urnas no dia 20 de junho.

Dodd e Warner iniciaram esta semana uma viagem pela América Latina, e também devem se reunir com os presidentes do Equador e do Peru para discutir as relações bilaterais e a crise econômica.

Em junho de 2007 o acordo comercial com os EUA recebeu sinal verde do Congresso colombiano após ser assinado no dia 22 de novembro de 2006, mas a ratificação por parte do Legislativo americano ainda está pendente.

Os EUA não ratificaram o TLC com a Colômbia por pressões de diferentes legisladores que consideram a segurança de sindicalistas insuficiente e devido a situação dos direitos humanos no país andino.

Compartilhe:

    Hospedagem: UOL Host