UOL Notícias Economia

BOLSAS

CÂMBIO

 

15/06/2010 - 17h13

Incêndio em navio obriga a suspender transposição de petróleo no Golfo

EFE
Washington, 15 jun (EFE).- Um incêndio no navio petroleiro que armazena o petróleo que vaza do poço do Golfo do México obrigou hoje a suspensão temporária das tarefas de transposição do combustível, informou hoje a British Petroleum (BP).

O incêndio começou por causa de um relâmpago que atingiu a embarcação.

Apesar de o incêndio ter tido uma alcance pequeno, segundo a BP, como medida de precaução se optou por deter as operações para transferir o petróleo do poço estragado no Golfo para o petroleiro "Discoverer Enterprise".

O fogo, que começou em torno das 9h30 local (11h30, Brasília), foi completamente apagado e as tarefas de transposição serão retomadas ao longo do dia, disse a companhia petrolífera, que acrescentou que o acidente não deixou nenhum ferido.

A notificação coincide com o retorno a Washington do presidente americano, Barack Obama, que nos últimos dois dias visitou Mississipi, Alabama e Flórida, três dos estados mais afetados pelo derrame.

O vazamento de petróleo no Golfo do México, a catástrofe ecológica mais grave da história dos Estados Unidos, começou por causa da explosão e posterior afundamento no mar da plataforma petrolífera "Deepwater Horizon", administrada pela BP, no dia 20 de abril, em um incidente no qual morreram 11 trabalhadores.

Os cientistas calculam que até que a colocação de um sino de contenção sobre o poço, no dia 28 de maio, foram jogados até 6,4 milhões de litros diários de petróleo no mar.

Compartilhe:

    Hospedagem: UOL Host