UOL Notícias Economia

BOLSAS

CÂMBIO

 

25/06/2010 - 15h06

Brasil retira Suíça da lista negra de paraísos fiscais

EFE
Genebra, 25 jun (EFE).- Brasil retirou a Suíça de sua lista negra de paraísos fiscais, segundo assegurou hoje a secretaria de estado de questões financeiras internacionais da confederação helvética.

Há três semanas, o Brasil incluiu a Suíça em sua lista negra de paraísos fiscais, uma decisão, segundo as fontes, que foi cancelada por Brasília em troca que se negocie um novo tratado duplo de imposição entre os dois países.

As autoridades brasileiras justificaram a inclusão argumentando a pouca colaboração suíça no litígio com os Estados Unidos pelos dados dos clientes americanos suspeitos de fraude fiscal com contas na filial americana do banco UBS.

Os Estados Unidos e a Suíça assinaram um acordo extrajudicial de cooperação administrativa pelo qual Berna transmitiria a Washington os dados bancários de milhares desses clientes.

O acordo, concluído em agosto de 2009, foi julgado ilegal pelo Tribunal Penal suíço e finalmente referendado na semana passada no Parlamento após árduas negociações.

Suíça figurou na lista negra da Organização para a Cooperação e o Desenvolvimento Econômico (OCDE) até abril de 2009, posteriormente passou a lista cinza até a saída, após assinar 12 acordos de dupla imposição.

Compartilhe:

    Hospedagem: UOL Host